O umbuzeiro (Spondias tuberosa Arruda), é uma fruteira nativa da Caatinga, da família Anacardiácea. Seu nome em tupi-guarani é y-mb-u, que significa árvore que dá de beber. As espécies do gênero Spondias apresentam resistência à seca pelos diversos mecanismos de acúmulo de agua e de nutrientes em seus troncos, ramos, raízes e caducidade das folhas.

Originário do semiárido nordestino, encontra-se naturalmente distribuídos preferencialmente em regiões com precipitação entre 400 e 800mm anuais com temperaturas entre 12o C e 38o C. Seus frutos são tipo drupa, carnosos, de coloração verde-amarelada, suculentos, agridoces, de sabor e aroma agradáveis, utilizados para consumo in natura e para elaboração de polpas, sucos, sorvetes e doces.

Com grande diversidade de formas e tamanhos dos frutos, ao longo do tempo, vem sendo selecionados os de melhores sabores e tamanhos, considerando como UMBU GIGANTE os de massa média de fruto maior ou igual a 70g, com registro de frutos com até 180g. Nas plantas comuns a média de peso do fruto é em torno de 20g. 

O UMBU GIGANTE é o resultado de muitos anos de prospecção pela Caatinga de várias instituições de pesquisas e extensão, e hoje difundidos como alternativa viável e sustentável para fruticultura de sequeiro, e até mesmo com irrigação. Devendo os novos plantios utilizar mudas oriundas de propagação vegetativa de qualidade com garantias de origem, visando assegurar plantas vigorosas e produtivas. Com o cuidado de observar em campo após o plantio, o desenvolvimento das mudas, e efetuar a poda de eventuais brotações abaixo do ponto da enxertia.